Morador de rua tem 100% do corpo queimado na zona leste

Homem é encaminhado ao pronto-socorro em estado grave e corre risco de morte

Ricardo Valota, do estadao.com.br,

19 de julho de 2007 | 08h28

Um morador de rua de aproximadamente 30 anos, teve quase 100% do corpo queimado no final da noite de quarta-feira, 18, quando dormia no interior de um posto de gasolina na Avenida Sapopemba, no Jardim Clara Regina, na zona leste da capital paulista.   Quatro equipes do Corpo de Bombeiros foram encaminhadas ao local, mas algumas testemunhas já tinham conseguido apagar o fogo. A vítima foi levada em estado grave para o pronto-socorro do Hospital Tatuapé e corre sério risco de morte.   O caso foi registrado e seria apurado se o fogo foi causado pelo próprio morador de rua ou se alguém ateou fogo no morador de rua.

Tudo o que sabemos sobre:
morador de rua

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.