Julio Leite
Julio Leite

Morador de rua morre carbonizado dentro de guarita em Sorocaba

Incêndio em mato provocou chamas; com inverno sem chuvas e de temperaturas elevadas, queimadas se espalham pelo interior e atingem áreas urbanas

José Maria Tomazela, O Estado de S.Paulo

02 Agosto 2016 | 10h49

SOROCABA - Um incêndio em mato causou a morte de um morador de rua, na noite desta segunda-feira, 1º, em Sorocaba, no interior de São Paulo. O homem dormia em uma guarita abandonada, no bairro Elton Ville, quando o local foi envolvido pelas chamas da queimada que atingiu o terreno. A guarita era feita de material inflamável, e a vítima não resistiu às queimaduras. Quando os bombeiros chegaram, o homem já estava morto.

Segundo o Corpo de Bombeiros, as chamas podem ter sido causadas por um curto circuito na fiação elétrica que passa sobre o terreno.

Com o inverno sem chuvas e de temperaturas elevadas, as queimadas se espalham pelo interior e atingem as áreas urbanas. Somente na segunda-feira, foram registrados 17 focos de incêndio, em Sorocaba. No Estado de São Paulo, o mês de julho teve o maior número de queimadas desde 2000, segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). Os satélites detectaram 687 focos, 361% a mais do que no ano passado, quando foram registrados 149.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.