Monotrilho atrasa e não vai a Congonhas até Copa

Prometida para junho de 2014, a primeira fase da Linha 17-Ouro do Metrô ficará pronta só após a Copa. As obras do monotrilho do Morumbi começaram há oito meses, mas, segundo o governador Geraldo Alckmin (PSDB), é "difícil"que as estações estejam em operação até o Mundial. "Nós estamos programando esta primeira fase para o segundo semestre de 2014, meio de 2014", disse ontem, durante visita à concretagem de vigas na Avenida Jornalista Roberto Marinho.

ARTUR RODRIGUES, NATALY COSTA, O Estado de S.Paulo

07 de novembro de 2012 | 02h05

O secretário de Transportes Metropolitanos, Jurandir Fernandes, culpou a demora na obtenção da licença ambiental, que saiu no dia 21 de março. "Levou nove meses para sair. Se nós tivéssemos ganhado (a licença) seis meses (antes), hoje eu estaria falando para a Copa."

A primeira fase terá oito estações e ligará o Aeroporto de Congonhas à Estação Morumbi da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM).

Ontem, o governo lançou um edital com dois lotes, com quatro estações cada, para a construção do monotrilho. O restante da linha tem conclusão prevista para 2016. "Mas, até 2014, vamos tentar passar o Rio (Pinheiros). Talvez não dê tempo para fazer as estações, mas vamos pegar Panamby e Paraisópolis e acelerar", disse Fernandes. A terceira e última fase, entre Congonhas e Jabaquara, será mais difícil por causa das desapropriações.

Os moradores do Morumbi resistem ao monotrilho e o acusam de degradação por ser elevado. O secretário discorda. "É um impacto muito bonito, um trenzinho moderno passando. Em Paraisópolis, o pessoal está batendo palmas", disse. Quando concluída, a Linha 17-Ouro terá 17,7 km e 18 estações.

Cumbica. Na próxima semana, Alckmin deve lançar o edital do Expresso Guarulhos, da CPTM, que chegará até o Aeroporto de Guarulhos. A Linha 13-Jade sairá da Estação Engenheiro Goulart.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.