Missa por vítimas do vôo 3054 reúne milhares em São Paulo

Os parentes das vítimas dirigem-se ao Aeroporto de Congonhas para realizar um novo protesto

Gilberto Amendola, Jornal da Tarde

22 de julho de 2007 | 13h28

Momentos de emoção intensa marcaram a missa, na Catedral da Sé, pelas vítimas do vôo 3054 da TAM, que explodiu durante a aterrissagem no aeroporto de Congonhas, em São Paulo.   Lista de vítimas do acidente do vôo 3054  O local do acidente  Quem são as vítimas do vôo 3054  Histórias das vítimas do acidente da TAM  Galeria de fotos  Opine: o que deve ser feito com Congonhas?  Cronologia da crise aérea  Acidentes em Congonhas  Vídeos do acidente  Tudo sobre o acidente do vôo 3054     Realizada pelo arcebispo de São Paulo, Dom Odilo Scherer, a celebração teve início com a leitura da lista de pessoas a bordo do avião - e que foi interrompida, diversas vezes, por aplausos.   A mãe de uma das vítimas chegou a passar mal e teve de ser retirada da igreja.   A missa foi acompanhada por cerca de 3.000 pessoas - além de parentes das vítimas, compareceram autoridades como o prefeito Gilberto Kassab e o secretário de segurança Pública do Estado, Ronaldo Marzagão, e pessoas vindas de toda a Grande São Paulo, que buscavam prestar solidariedade aos familiares.   O presidente da TAM, Marco Antonio Bologna, esteve presente, mas saiu antes do final da celebração, sem falar com a imprensa.   Após a missa, os parentes das vítimas dirigiram-se ao Aeroporto de Congonhas, onde farão um novo protesto.   Ainda durante o ato, Jaqueline Salgado, familiar de uma das vítimas do acidente, criticou, em entrevista à imprensa, a demora na identificação dos corpos e fez um apelo pelo aumento no número de profissionais que estão realizando este trabalho.   Além de familiares com camisetas e fotos com os rostos das vítimas, a missão contou com a presença de funcionários da TAM, uniformizados.        Texto atualizado às 17h50

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.