Missa para Tim Lopes no Alemão é 'marco'

RIO

, O Estado de S.Paulo

19 Dezembro 2010 | 00h00

Uma missa em memória do jornalista Tim Lopes foi realizada ontem no Complexo do Alemão, na zona norte do Rio - oito anos depois de o local ser palco da morte do profissional. Cerca de 80 pessoas compareceram. Para a irmã, Tânia Lopes, "foi um marco". Antes da pacificação, atos em homenagem a ele eram proibidos. Arcanjo Antonino Lopes do Nascimento foi torturado e morto na Comunidade da Grota, a mando de Elias Maluco, ao ser flagrado com câmera escondida.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.