MIS terá mural e projeto com aval de Madonna

A fachada do Museu da Imagem e do Som (MIS) ganhará cores a partir deste sábado - deve ficar semelhante à ilustração acima. O grafiteiro Binho Ribeiro, um dos precursores da arte de rua em São Paulo, vai pintar ali um painel de 8 metros de comprimento por 2,5 metros de altura. O tema: a trajetória da popstar Madonna.

O Estado de S.Paulo

27 de setembro de 2012 | 03h03

A pintura marca o início de um projeto bancado por uma marca de bebidas e que tem Madonna como madrinha. "Foi um pedido pessoal dela, com quem temos uma parceria em escala mundial, que buscássemos incentivar a arte brasileira", garante Leandro Medeiros, diretor de Marketing da marca.

Depois disso, a partir de domingo, 30 jovens artistas de rua vão participar de oficinas de grafite, durante quatro domingos consecutivos. As aulas serão na própria sede do MIS.

Nesse período, eles vão criar obras - e uma delas será escolhida pela cantora para estampar a capa de um CD que ela deve lançar no Brasil em dezembro, quando apresenta seu show aqui.

Os 30 artistas foram selecionados por meio de uma convocatória no site do MIS. De acordo com a marca patrocinadora, o grafite foi escolhido por ser uma expressão internacionalmente reconhecida de arte brasileira contemporânea. / E.V.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.