Ministério desperdiçou verba pública, diz TCU

O Tribunal de Contas da União (TCU) apontou desperdício de dinheiro público no Ministério da Saúde na compra de 400 motolâncias (motos para atendimento de urgência) para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), em 2007.

O Estado de S.Paulo

19 de setembro de 2012 | 03h07

Entre as falhas está a falta de servidores habilitados para conduzir os veículos, o que causou subutilização. A pasta disse que vai cobrar explicações das cidades beneficiadas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.