Milicianos são suspeitos de matar cabo do Bope

A Polícia Civil do Rio investiga se o cabo do Bope Alessandro Costa Lopes do Nascimento, de 32 anos, foi morto por milicianos de Campo Grande, zona oeste do Rio, na noite do réveillon. Ele e um primo de 37 estavam em um bar e foram alvejados por homens que chegaram de carro. Os dois morreram na hora. A polícia também investiga o assassinato de um PM em Irajá, na zona norte, executado após ser assaltado.

, O Estado de S.Paulo

03 Janeiro 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.