Milhas 'desaparecem'

TAM FIDELIDADE

O Estado de S.Paulo

27 Outubro 2011 | 09h31

No dia 8/9, voltei para o Brasil no voo JJ8081 da TAM de Nova York para São Paulo. Havia comprado um guarda-chuva Burberry e na hora do embarque falaram que eu podia despachá-lo. Cheguei em São Paulo, mas o guarda-chuva, não. Fiz todo o processo necessário para o ressarcimento, mas ainda não reembolsaram os US$ 310 pagos pelo objeto. Minha filha estuda nos Estados Unidos e vou visitá-la todos os meses. Em 12/10, telefonei para a TAM pedindo a emissão de uma passagem com milhas para lá, mas fui informada de que eu não tinha pontos suficientes porque emiti, em 22/9, bilhetes para o Nordeste brasileiro. Ora, do dia 23/9 a 12/10 eu estava no exterior! Aliás, como poderia a TAM emitir bilhetes prêmios para pessoas com nomes que não dizem nada a mim ou a minha família? Quero o meu reembolso e as minhas milhas roubadas de volta.

NADIA BONDUKI / SÃO PAULO

A TAM responde que entrou em contato com a sra. Nadia para informá-la de que restituirá seus pontos do TAM Fidelidade. Diz que solicitou que ela envie uma declaração na qual concorde com a devolução dos pontos. Acrescenta que o guarda-chuva mencionado não foi localizado e, por isso, a cliente foi indenizada. O depósito foi solicitado no dia 14/10 e estará disponível na conta corrente da leitora em até 10 dias úteis a contar dessa data.

A leitora comenta: O caso do guarda-chuva já foi resolvido, mas o problema do reembolso das milhas ainda não! Alegam que não receberam o fax solicitado, porém o enviei 6 vezes! As milhas enviadas pelo American Express também não foram creditadas no prazo.

DROGAS E LIXO

Viaduto Jabaquara

Cerca de 30 ou 40 usuários de crack vivem debaixo do Viaduto Jabaquara. Eles correm o risco de ser atropelados e, quem trafega pelo local, de ser assaltado. A praça localizada ao lado está cheia de lixo.

CAROLINA CARLA SANTA MARIA / SÃO PAULO

A PM e a Secretaria da Coordenação das Subprefeituras não responderam ao jornal. Mas a PM encaminhou um e-mail à leitora sra. Carolina informando que intensificará o policiamento e que pode ser acionada pelo 190. Sugeriu à leitora que ela participe das reuniões do Conselho Comunitário de Segurança (Conseg).

A leitora revela: A praça continua parecendo um lixão. A Prefeitura respondeu o meu e-mail informando um número de protocolo da solicitação de limpeza da praça, como se esse fosse o grande problema. Quando a polícia aparece, a questão é resolvida, mas após

3 dias os usuários de drogas reaparecem no local.

BURACOS EM SANTANA

Rua Olavo Egydio

A Rua Olavo Egydio, Santana, deve ser incluída no plano de recapeamento, pois é uma via importante na zona norte e está cheia de buracos.

IDÉRITO MIGUEL CALDEIRA

/ SÃO PAULO

A Secretaria de Coordenação das Subprefeituras informa que o serviço de tapa-buracos na rua citada já foi realizado e aguarda cronograma de obras da Superintendência das Usinas de Asfalto (SPUA) para recapeamento.

O leitor informa: O asfalto dessa rua continua com vários remendos e buracos, que danificam os veículos que por lá transitam - bem como dificultam a fluidez do trânsito.

'LIXÃO JARDINS'

Sujeira na 9 de Julho

A quantidade de lixo acumulada no jardim central da Avenida 9 de Julho reflete claramente a importância que a Prefeitura dá ao assunto. Defronte ao número 4.300, debaixo dos arbustos, a sujeira daria para inaugurar o "Lixão Jardins".

MAURO RIBEIRO GAMERO

/ SÃO PAULO

A Secretaria de Coordenação das Subprefeituras não respondeu.

O leitor critica: Confesso que não percebi diferença. Em parte pela falta de civilidade da população e, por outro lado, pela inoperância da Prefeitura em orientar, punir e limpar.

CARAPICUÍBA

Breu e rua esburacada

Solicito que instalem postes de iluminação na Passagem Abaru, em Carapicuíba. Algumas pessoas já foram assaltadas. Para piorar, a rua está esburacada.

VIVIAN DE CRESCENZO RIENZI

/ CARAPICUÍBA

A prefeitura de Carapicuíba

não respondeu.

A leitora reclama: O problema ainda não foi resolvido.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.