Mídia internacional se preocupa com Copa e Olimpíada

A imprensa internacional tratou com destaque a invasão do Hotel Intercontinental em uma área nobre do Rio, relacionando essa informação ao fato de a cidade receber a Copa, em 2014, e a Olimpíada, em 2016. O jornal argentino "Clarín" comentou que "os feitos poderiam ser muito contraproducentes para a organização" dos eventos. Disse ainda que, apesar de atos de violência serem recorrentes, "não se conheciam antecedentes da tomada de hotel de luxo".

, O Estado de S.Paulo

23 de agosto de 2010 | 00h00

Já o americano "The New York Times" lembrou que a Rocinha fica no caminho para a Barra da Tijuca, "onde ocorre mais da metade dos eventos da Olimpíada". A rede de televisão árabe Al-Jazira e os meios de comunicação britânicos BBC e Guardian também lembraram os jogos. Só a rede de TV americana CNN limitou-se a noticiar o tiroteio. A imprensa internacional destacou ainda a pressão vivida pelas forças de segurança, que usam a Polícia Pacificadora como opção.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.