Micro-ônibus é incendiado na zona norte de SP

De acordo com testemunhas, ataque foi promovido por um grupo de homens

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

23 de julho de 2010 | 03h19

SÃO PAULO - O micro-ônibus prefixo 2 6390, que fazia a linha 1722/10 (Jardim Marina - Tucuruvi), pertencente à cooperativa Transcooper, foi incendiado por um grupo de pessoas, por volta das 22h45 de quinta-feira, 22, na esquina da Rua Maria Amália Lopes de Azevedo com a Avenida Antonelo da Messina, no Jardim Guapira, região do Jaçanã, na zona norte de São Paulo.

O ataque ao coletivo, segundo testemunhas, foi promovido por pelo menos seis homens, todos de rosto à mostra. Com cerca de 15 passageiros, o micro-ônibus foi cercado e todos obrigados a descer. Ninguém ficou ferido.

Bombeiros foram acionados e apagaram as chamas. Viaturas da 1ª Companhia do 43º Batalhão da Polícia Militar foram deslocadas, mas nenhum suspeito acabou detido. À 0h15 desta sexta-feira, 23, o ônibus foi recolhido para a garagem da empresa.

Durante toda a quarta-feira o clima foi de tensão na região, pois, uma das quatro pessoas mortas durante a chacina ocorrida à 1h30 da madrugada de quinta-feira seria morador da comunidade local.

Viaturas da PM realizaram o patrulhamento durante todo o dia na região, mas, assim que a última viatura deixou o local, ocorreu o ataque, que teria sido a forma de protesto escolhida por supostos moradores do bairro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.