MG restringe venda de serpentina metalizada

O Procon de Minas Gerais proibiu a venda no Estado de canhões de serpentina, confete e papel metalizados que não tenham explicações sobre o uso. Já o Ministério Público proibiu o uso de produtos metalizados perto da rede elétrica. As medidas saíram após acidente em Bandeira do Sul, em que uma serpentina metalizada teria provocado um curto-circuito na rede elétrica. Quinze pessoas morreram.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.