Nilton Fukuda/Estadão
Nilton Fukuda/Estadão

Mezanino da padaria Le Pain Quotidien desaba e deixa dois feridos, na Vila Madalena

Local deve ficar interditado neste sábado e domingo, e passará por avaliação da Defesa Civil na próxima semana

Ana Paula Niederauer e Felipe Resk, O Estado de S.Paulo

31 Agosto 2018 | 14h33
Atualizado 31 Agosto 2018 | 17h58

SÃO PAULO - Duas mulheres ficaram feridas após parte do forro da padaria belga Le Pain Quotidien, na Vila Madalena, zona oeste de São Paulo, desabar no início da tarde desta sexta-feira, 31. Segundo a Polícia Militar, o local, que já foi avaliado pela Defesa Civil, deve ficar interditado neste sábado e domingo. Ele passará por nova análise na próxima semana.

Segundo a Polícia Militar, o forro com cerca de 2 metros de comprimento, no primeiro andar do estabelecimento, despencou por volta das 12h10, horário em que havia pessoas almoçando. Duas clientes foram atingidas e sofreram ferimentos leves. 

"Caiu gesso, tijolo e uma estrutura metálica. Não era tão grande assim: não houve maiores feridos nem maiores danos na outra parte da padaria", descreveu o 2.º tenente da PM Felipe Duzzi, do 23.º Batalhão (BPM/M), que atendeu a ocorrência. "(As vítimas) estavam bem, apenas com escorições leves e um pouco de dor pelo corpo, mas foram atendidas pelo resgare do Corpo de Bombeiros."

Com vidraças na entrada, a Le Pain Quotidien fica na Rua Wisard, próximo à Rua da Harmonia. Segundo testemunhas, o desabamento assustou os clientes. Houve gritaria e correria para a rua.

"A gente ouviu um barulho - não foi muito alto, parecia um caminhão passando na rua - e, quando foi ver, levantou um poeira e os vidros da frente ficaram balançando", conta a vendedora Priscila Reis, que trabalha em uma loja na frente da padaria.  "O pessoal que estava dentro saiu correndo, gritando." Segundo ela, uma das vítimas estaria grávida.

 

 

O imóvel foi interditado nesta tarde e as vidraças foram cobertas por plásticos pretos. Segundo o tenente Duzzi, não haveria risco de novos desabamentos, mas a padaria ficará interditada neste fim de semana. "O local vai permencer fechado para maiores diligências da Defesa Civil e na semana que vem será avaliado", diz.

Mesmo após a saída da equipe da Defesa Civil, a PM permaneceu para preservar o local para perícia. O caso foi registrado no 14.º Distrito Policial (Pinheiros). 

"A Le Pain Quotidien lamenta o ocorrido hoje na Unidade Vila Madalena e informa que está adotando todas as providências cabíveis para esclarecer e solucionar o incidente", afirma a padaria, em nota. "Informamos, ainda, que dois clientes tiveram leves ferimentos, mas já foram atendidos e receberão todo auxílio necessário."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.