José Patrício/AE
José Patrício/AE

Metroviários fazem acordo e desistem de greve

Categoria aceitou a proposta da companhia durante assembleia na noite desta terça-feira

O Estado de S. Paulo,

23 Outubro 2012 | 20h11

SÃO PAULO - Os metroviários de São Paulo decidiram suspender a greve marcada para esta quarta-feira, 24, após entrar em acordo com a companhia. Assim, o Metrô vai operar normalmente.

A audiência de conciliação entre o Metrô e os trabalhadores foi realizada nesta terça-feira, 23, no Tribunal Regional do Trabalho (TRT), às 15 horas. Às 18h30, os metroviários fizeram uma assembleia na sede do sindicato, no Tatuapé, na zona leste da cidade. Embora não tenham ficado satisfeitos com as proposições da empresa, a categoria aceitou a proposta referente ao pagamento da participação nos resultados e decidiu não fazer greve neste momento.

Adiamento. No dia 3 de outubro, os metroviários de São Paulo decidiram acatar a sugestão da Justiça e não realizar a greve programada para o dia seguinte. A paralisação foi remarcada para esta quarta-feira, 24, caso as negociações com a empresa não avançassem. Nesse período, o Metrô se comprometeu a reapresentar propostas trabalhistas para a categoria.

A última paralisação do Metrô de São Paulo ocorreu em 23 de maio deste ano, por motivos relacionados à atual pauta de discussão.

Mais conteúdo sobre:
metrô greve

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.