Metroviários decidem hoje se param amanhã

Amanhã, o metrô de São Paulo poderá parar. Tudo vai depender do resultado de duas reuniões marcadas para a tarde de hoje entre a Companhia do Metropolitano de São Paulo (Metrô) e os trabalhadores. A tendência, até o começo da noite de ontem, era de que os metroviários optassem pela paralisação. Isso porque uma contraproposta formalizada pela companhia, sobre a participação nos lucros, não agradou aos trabalhadores. Pode ser a segunda greve do ano dos metroviários: a primeira foi em 23 de maio.

O Estado de S.Paulo

23 Outubro 2012 | 03h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.