Juliana Diógenes/Estadão
Juliana Diógenes/Estadão

Metrô restringe embarque e passageiros enfrentam filas e lentidão

Medida, no horário de pico, foi tomada para evitar aglomeração; mais cedo, equipamento danificado fez trens circularem com velocidade reduzida

O Estado de S. Paulo

22 Fevereiro 2017 | 23h09

SÃO PAULO - Os usuários do Metrô enfrentaram filas e lentidão no início da noite desta quarta-feira, 22. Agentes restringiram o fluxo de pessoas nas estações da Linha 3-Vermelha, para evitar aglomerações. 

A lentidão na Linha 3-Vermelha começou por volta das 15h50 horas, quando um equipamento que controla a parada dos trens foi danificado na Estação Artur Alvim. Os autores do ato de vandalismo não foram encontrados e o problema só foi resolvido às 17h40. 

Por causa do dano, os trens passaram a operar em velocidade reduzida e maior tempo de parada nas estações. No horário de pico, com o fluxo maior de pessoas, as estações ficaram lotadas e a passagem de usuários às plataformas teve de ser controlado pelos agentes. 

Segundo o Metrô, a medida é de segurança, para evitar aglomerações de pessoas. 

Mais conteúdo sobre:
SÃO PAULO Metrô Estação Artur Alvim

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.