Metrô reduzirá tempo de espera para embarque

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), anunciou sábado a redução no tempo de espera por trens nas plataformas das três principais linhas em operação: 1-Azul, 2-Verde e 3-Vermelha. Ele não deu um prazo definido, mas afirmou que um novo sistema de sinalização nos trilhos e nas estações será instalado até o ano que vem.

Felipe Frazão, O Estado de S.Paulo

05 de setembro de 2011 | 00h00

A aparelhagem permitirá a circulação de um trem mais perto do outro - a distância de segurança também será menor. Segundo o Metrô, o tempo entre cada composição cairá de 110 para 90 segundos, na Linha 1; de 150 para 120 segundos, na Linha 2; e de 108 para 85 segundos, na Linha 3.

Alckmin também prometeu mais 20 composições, cada uma com seis vagões (para 1.600 pessoas em média) até 2012. "Vai ser uma oferta de trem bem maior para a população."

O Metrô prevê, segundo o cronograma de inaugurações de novas paradas, que em 2012 pelo menos cinco linhas estejam em expansão: 2-Verde e 17-Ouro, ambas por monotrilho, 4-Amarela, 5-Lilás e 15-Branca. O monotrilho do ABC e a Parceria Público-Privada (PPP) da Linha 6-Laranja deverão ser apenas licitados até o fim de 2012.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.