Metrô poderá desligar escada na hora do rush

Ouça a reportagem com o secretário no trem e no metrô www.radio.estadao.com.br.

Luciano Bottini Filho, O Estado de S.Paulo

27 Setembro 2013 | 02h12

O secretário de Transportes Metropolitanos do Estado de São Paulo, Jurandir Fernandes, afirmou nessa quinta-feira, 26, que Metrô e CPTM estudam desligar as escadas rolantes das estações nos horários de pico, para evitar acidentes entre os passageiros.

O Estado e a Rádio Estadão acompanharam ontem Fernandes num percurso pela Linha 11 da CPTM e Linhas 1, 2, 3 e 4 de metrô, das 7h30 às 8h40.

O secretário, que tem hábito de andar no sistema antes de começar o dia de trabalho na administração municipal, fez a viagem toda em pé. Não chegou a enfrentar empurra-empurra, a não ser na Linha-3, do Brás para a República. Da Estação Paraíso à Sé, a viagem foi no contrafluxo.

Mais conteúdo sobre:
metrô sp são paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.