Evelson de Freitas/AE
Evelson de Freitas/AE

Metrô de SP vai inaugurar Estação Pinheiros no dia 16, anuncia Alckmin

Local foi palco de tragédia que matou 7 em 2007; Linha Amarela vai funcionar a partir das 4h40

Priscila Trindade e Gustavo Uribe, Estadão.com.br

26 de abril de 2011 | 13h17

SÃO PAULO - O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, anunciou na manhã desta terça-feira, 26, que a Estação Pinheiros, na Linha 4-Amarela do Metrô, será inaugurada no dia 16 de maio. A previsão inicial era que ocorresse até o fim deste semestre. Além disso, o governador disse ainda que todo o trecho em funcionamento passará a abrir às 4h40 e continuará fechando às 15h.

 

Veja também:

linkGoverno: Linha 4 vai operar até meia-noite no 2º semestre

 

O anúncio foi feito durante a entregaram de três novos trens para a operação da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM). Os novos trens irão operar na Linha 12-Safira, que se estende do Brás até Calmon Viana. O evento foi realizado na Estação Brás, e incluiu uma visita ao Centro de Controle Operacional (CCO), um dos mais modernos das ferrovias brasileiras.

 

Em discurso, Alckmin ressaltou que a meta é reduzir de seis para cinco minutos o tempo de intervalo dos trens em horário de pico. Alckmin andou de trem acompanhado pelo ex-governador Alberto Goldman, que não quis falar com a imprensa.

 

Em 2007, um acidente que abriu uma cratera onde fica a nova estação engoliu veículos e provocou a morte de sete pessoas que passavam pela região. Além disso, vários imóveis ficaram danificados, com rachaduras, e tiveram de ser interditados na época.

 

 

 

Texto atualizado às 15h45.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.