Metade dos terminais tem limpeza 'regular'

A região que inclui os bairros de Itaquera, Aricanduva, Cidade Tiradentes e São Mateus é a que apresenta os piores índices de limpeza e conservação da frota de ônibus na capital. A pontuação média da zona leste em 2011 foi de 78,6, e a média da cidade, de 89.

O Estado de S.Paulo

11 de maio de 2012 | 03h02

Segundo a Assessoria de Imprensa da Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros Urbanos da Cidade de São Paulo (SP-Urbanuss), o índice de limpeza e manutenção de toda a frota é "plenamente satisfatório".

Além dos ônibus, a São Paulo Transportes (SPTrans) também avaliou a limpeza de 35 terminais. Foi constatado que 51% dos locais têm condições regulares nos banheiros e nas áreas de circulação dos passageiros. Os terminais mais limpos estão na região sudeste e os mais sujos, nas regiões norte e sudoeste.

Grávida de 8 meses, Camila de Souza, de 21 anos, mora em Santo Amaro, no sudoeste, e sempre que precisa usar os banheiro lamenta. "É horrível, raramente encontro sabão ou papel." / J.D.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.