Meta de Dilma é ter profissionais em todas as cidades

A ministra das Relações Institucionais, Ideli Salvatti, afirmou ontem que com o programa Mais Médicos a presidente Dilma Rousseff "não vai deixar nenhum município brasileiro sem médico". Hoje, disse a ministra, 700 não têm.

Ricardo Della Coletta, O Estado de S.Paulo

19 Julho 2013 | 02h13

Ideli defendeu a vinda de médicos estrangeiros, mas ressaltou que isso só deve ocorrer, pelo programa, caso as vagas no Sistema Único de Saúde (SUS) não sejam preenchidas por brasileiros. "Só se os médicos brasileiros não quiserem ocupar as vagas é que traremos os de fora."

A ministra também justificou os dois anos a mais que os estudantes terão de cursar. "Antes de se especializar, ele tem de entender a saúde como um todo."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.