Mesmo sem acidentes, trânsito em SP continua acima da média

Pela manhã, acidentes fizeram capital ter recordes de trânsito a cada meia hora; cidade tinha 90 km de lentidão

da Redação, estadao.com.br

13 Fevereiro 2009 | 15h09

Apesar de não haver nenhum grande acidente, por volta das 15 horas desta sexta-feira, 13, o trânsito ainda estava ruim na capital paulista. Após bater novo recorde de lentidão pela manhã, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) registrava 90 km de congestionamento, ainda acima da média para o horário, de aproximadamente 75 km, como aconteceu durante todo o dia. A chuva fraca que caia na capital desde a noite de quinta, por causa de uma frente fria que chegou à região Sudeste, piorava as condições de trânsito.   Veja também: Como o trânsito parou SP e números da frota Dossiê Estado: os números do trânsito em SP    Acompanhe a situação do trânsito rua-a-rua     A Marginal do Tietê registrava os seis piores pontos de congestionamento em São Paulo nesta tarde, somando 28,5 km de engarrafamentos em ambos os sentidos. Na pista expressa, sentido Ayrton Senna, a lentidão era de pouco menos de 12 km, a partir da Ponte dos Remédios. Havia mais 4,7 km de engarrafamento na pista local.   No sentido contrário havia três pontos de congestionamento: 4,2 km na pista expressa, entre as pontes Aricanduva e Jânio Quadros; e mais 3,6 km entre a Rua da Coroa a Ponte da Casa Verde, tanto na pista expressa quanto na local. A Radial Leste ainda tinha 6,7 km de engarrafamento em direção ao centro, desde o Viaduto Engenheiro Alberto Badra até a Rua Lafaiette. O Corredor Norte-Sul acumulava outros 3,1 km em direção a Santana, desde a Rua Jandira até o Viaduto General Euclides Figueiredo.   Nesta manhã, a cada meia hora foi resgistrado um novo recorde de lentidão do ano. A CET atribuiu o alto número à combinação entre chuva, excesso de veículos e acidentes. Às 10h30, eram 155 km, até o horário o maior do ano para o período da manhã. Às 10 horas, foram 139 km. Antes, às 9h30, a cidade registrou 129 km de lentidão. Às 9 horas, foram 127 km de trânsito parado, segundo medição da CET. Às 8h30 foram 122 km de ruas e avenidas paradas. Em 2008, a maior marca foi registrada no dia 11 de março, quando foram registrados 186 km às 9 horas.

Mais conteúdo sobre:
trânsito em SP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.