Menores assaltantes que atuavam na região do Morumbi são detidos pela PM

Com um dos menores, os policiais encontraram uma réplica de submetralhadora e um canivete; a arma estava escondida entre as nádegas do adolescente

Pedro da Rocha, do estadão.com.br,

30 de agosto de 2011 | 03h47

SÃO PAULO - Quatro adolescentes que cometeram pelos menos cinco assaltos na região do Morumbi, na zona sul de São Paulo, foram detidos por policiais militares em patrulhamento, por volta das 22h30 de segunda-feira, 29, no momento em que se preparavam para abordar mais uma vítima, na Rua do Símbolo.

 

Armados com uma réplica de submetralhadora, o quarteto - um de 14 anos, um de 15 e dois de 16 anos - descia a rua, que conta com pouca iluminação pública, no momento em que um rapaz, de 30 anos, subia na direção contrária. "Vi quando um deles puxou a arma. Nesse momento, os policiais vieram por trás já fungando no cangote dos moleques. A Polícia Militar (PM) foi muito rápida" contou a suposta próxima vítima, que não quis se identificar.

 

O grupo foi encaminhado para o 89º Distrito Policial, do Portal do Morumbi. Chamadas, outras cinco vítimas de assaltos na região reconheceram os adolescentes na delegacia. "Eles roubavam dinheiro, celulares, joias e até o carro de uma das vítimas.

 

Descobrimos, aqui na delegacia, que um deles já tem passagem na Fundação Casa", disse o tenente Everton Vilela, da 2ª Companhia do 16º Batalhão. O menor era procurado pela Vara da Infância e Juventude por um roubo na região central da cidade.

 

"Quase toda semana tem um assalto na Rua do Símbolo", reclamou o gerente de atendimento Bruno Bacci, de 33 anos, vítima de um assalto praticado pelos menores, um deles armado, em 2010. Para ele, uma passagem que liga a favela Paraisópolis à rua facilita o trânsito de criminosos na região.

 

Canivete - Na delegacia, um dos adolescentes insistiu várias vezes com os policiais para ir ao banheiro. Antes de permitir o uso do toalete, a PM fez uma revista minuciosa nos detidos. Um canivete estava escondido entre as nádegas desse rapaz. O grupo será encaminhado, na manhã desta terça-feira, 30, para a Fundação Casa (antiga Febem).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.