Menores acusados de matar casal na frente do filho são presos

DHPP já havia divulgado retrato falado de dois suspeitos de cometer o crime no Morumbi

Gustavo Miranda, do estadao.com.br

12 de julho de 2007 | 20h34

A delegacia seccional de Taboão da Serra, na Grande São Paulo, anunciou, no início da noite desta quinta-feira, 12, a detenção de dois garotos suspeitos de envolvimento no assassinato de um casal, na frente de seu filho, no Morumbi, zona sul de São Paulo.A polícia não forneceu a identidade dos dois menores. No dia 26 de junho, por volta das 23h30, o bancário Glauber Alexandre Shiba Paiva, de 37 anos, e sua esposa, a dona de casa Marta Maria Sena de Oliveira, de 30 anos, foram assassinados, dentro de seu carro - um Honda Fit -, no cruzamento da Avenida Giovanni Gronchi com a Alberto Augusto Alves.Retrato faladoNa semana passada, o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) divulgou as imagens do circuito de segurança de uma empresa que registrou a fuga de dois dos quatro criminosos que tentaram assaltar e acabaram matando o casal.A fita cujas imagens foram divulgadas tem duração de uma hora e quarenta minutos. A seqüência de imagens que mostra dois rapazes correndo foi registrada por duas câmeras de segurança que estavam instaladas na Rua Alberto Augusto Alves. A seqüência foi gravada às 23h25 do dia 26 de junho. Ela dura menos de 10 segundos e mostra dois rapazes brancos correndo. O carro do casal, um Honda Fit, foi cercado por quatro criminosos, na volta de uma festa de um coleguinha do filho. Segundo a polícia, dois assaltantes chegaram pelo lado do motorista e outros dois pelo do passageiro. O menino estava no banco traseiro e viu tudo."Por algum motivo o carro andou. Ou o motorista tentou arrancar ou soltou o pé da embreagem. Foi nessa hora que aconteceu o primeiro disparo, seguido de mais três", disse o delegado Flávio Afonso da Costa. A mulher foi baleada na nuca e o marido no tórax. Dois projéteis de calibre 38 foram apreendidos no local do crime.(Colaborou José Dacauaziliquá, do Jornal da Tarde)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.