Prefeitura de Borá/Divulgação
Prefeitura de Borá/Divulgação

Menor cidade de São Paulo, Borá registra primeira morte por covid-19

Morador de 50 anos morreu com a doença no dia 8 de maio. Agora, apenas cinco dos 645 municípios paulistas ainda não registraram óbito pelo novo coronavírus

José Maria Tomazela  , O Estado de S.Paulo

12 de maio de 2021 | 05h00

SOROCABA – A letalidade da covid-19 chegou a Borá, a menor cidade do Estado de São Paulo, com 838 habitantes, a 488 km da capital. A Secretaria de Saúde do município confirmou nesta terça-feira, 11, que o morador Antonio Abade Macedo, de 50 anos, morreu com a doença no dia 8 de maio. Ele estava internado desde o dia 2 na Santa Casa de Paraguaçu Paulista, cidade vizinha. Agora, apenas cinco dos 645 municípios paulistas ainda não registraram morte pela covid-19.

A pequena Borá resistiu à entrada do vírus. O primeiro caso positivo só foi confirmado no dia 2 de junho de 2020, quase cem dias depois da confirmação, em São Paulo, do primeiro caso no Brasil. Nesta terça, a cidade registrava 85 casos positivos, dos quais 69 são pacientes curados. Além do primeiro paciente que morreu, outros 13 estão em isolamento domiciliar e dois foram internados, mas passam bem. Entre os que têm o vírus ativo, estão familiares de Macedo, cujo corpo já foi sepultado no cemitério municipal de Borá.  

O óbito de Borá ainda não consta da estatística oficial da Secretaria da Saúde do Estado, mas deve entrar na próxima relação de casos e mortes a ser divulgada pela pasta. Em abril, a secretaria chegou a contabilizar uma morte para Borá, mas o dado foi revisto depois de ter sido confirmado que a vítima morava, de fato, em Paraguaçu Paulista.

As cinco cidades paulistas que ainda não tiveram mortes causadas pela pandemia são Bento de Abreu (3.005 habitantes), Fernão (1.727), Lucianópolis (2.403), Sagres (2.430) e São João do Pau d’Alho (2.100). O estado contabilizou nesta terça 101.660 mortes pela covid-19.

Tudo o que sabemos sobre:
coronavírus

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.