Rafael Arbex / Estadão
Rafael Arbex / Estadão

Menino que sobreviveu à perseguição da PM vai passar por exames

Delegada pediu os testes psicológicos porque garoto de 11 anos apresentou várias versões para o crime

Alexandre Hisayasu, O Estado de S. Paulo

24 Junho 2016 | 19h26

SÃO PAULO - O menino de 11 anos, que sobreviveu após perseguição da Polícia Militar na zona sul de São Paulo, vai passar por exames psicológicos. Segundo o secretário da Segurança Pública, Mágino Alves, a Delegacia Estadual de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) vai pedir os testes ainda nesta semana. 

Segundo Mágino Alves, pelo fato de o garoto ter apresentado várias versões para o crime, que resultou na morte de um menino de 10 anos, a delegada responsável pelo caso quer conhecer melhor o perfil da criança. 

Por causa desse pedido de exame, o DHPP deve solicitar ainda a prorrogação do prazo do inquérito policial, que pode ser estendido por mais 30 dias. 

A polícia investiga se houve ou não execução ou irregularidade na conduta da Polícia Militar. 

 

Mais conteúdo sobre:
SÃO PAULOPolícia Militar

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.