Menino de 2 anos baleado na zona sul passa bem

O menino foi atingido nas mãos quando criminosos usando capacetes atiraram contra cinco pessoas

Solange Spigliatti, estadao.com.br

23 de julho de 2008 | 10h52

O garoto de 2 anos, baleado nas mãos enquanto brincava com outras crianças, na última segunda-feira, 21, na região de Americanópolis, zona sul da capital paulista, passa bem, segundo informações da Secretaria Municipal de Saúde.  Kaíke passou por cirurgia nas mãos e seu quadro é estável. Ele deve permanecer internado para acompanhamento e não há previsão de alta, segundo a secretaria.O menino foi atingido quando motociclistas armados com pistolas e usando capacetes atiraram contra cinco pessoas, atrás do mecânico Sérgio de Brito Silva, de 27 anos, pai de Kaíke.  O mecânico tinha passagens por roubo e tráfico de drogas e já havia sido vítima de tentativa de homicídio em 19 de junho. Sérgio foi atingido no ombro direito. Uma pessoa morreu e os quatro feridos foram levados ao pronto-socorro do Hospital Municipal Arthur Ribeiro de Saboya, no Jabaquara, também na zona sul da capital.

Tudo o que sabemos sobre:
criança baleada

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.