Menino de 12 anos é atacado por abelhas durante rapel e morre

Davi estava com o pai em pedreira de Mogi Mirim no domingo e ambos foram picados; o garoto morreu nesta segunda no hospital

Ricardo Brandt, O Estado de S. Paulo

04 Novembro 2013 | 16h02

CAMPINAS - Um garoto de 12 anos morreu nesta segunda-feira, 4, após ser atacado por abelhas quando fazia rapel com o pai, durante o fim de semana, em uma pedreira de Mogi Mirim, no interior de São Paulo.

João Faustino, de 43 anos, foi com o filho Davi Faustino, de 12 anos, praticar rapel - descida de paredões e montanhas, com uso de cordas - na pedreira nesse domingo, 3.

Os dois não viram o enxame e foram atacados. Eles foram socorridos pelo Corpo de Bombeiros e internados na Santa Casa de Mogi Mirim.

Nesta segunda-feira, o menino morreu no hospital. Ele seria enterrado no Cemitério Colina das Flores, em Mogi Mirim.

Mais conteúdo sobre:
Abelhas acidente Mogi Mirim

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.