Menina que sobreviveu a queda de jato recebe alta

Laís sofreu cortes no rosto e escoriações nas costas e pernas; amiga que estava com ela corre risco de morte

Marcela Spinosa, do Jornal da Tarde,

05 de novembro de 2007 | 19h56

A menina Laís Gonçalves Coutinho Melo, 11 anos, uma das sobreviventes do acidente envolvendo um Learjet 35, ocorrido na tarde de domingo, 4, recebeu alta do Hospital do Mandaqui por volta das 14h30 desta segunda-feira. A garota, que sofreu um corte na boca, outro na testa e várias escoriações nas costas e nas pernas, foi direto para a casa. Veja também:Movimento no Campo de Marte cresce 30% com a crise aéreaCasas atingidas por jato serão demolidas; buscas são retomadas nesta 2ª  Vídeo do local do acidente  Vídeo das casas atingidas pelo jato Vídeo do resgate no local do acidente Veja como foi o acidente com o Learjet 35 Galeria de fotos  Todas as notícias sobre o acidente com o Learjet 35  O que ela mais quer agora é ter notícias de sua amiga Cláudia, que estava com ela no momento em que o jato caiu na Rua Bernardino de Sena, na Casa Verde, zona norte. "Estou preocupada porque agora a Cláudia só tem a amiga e quero saber se ela está bem". Cláudia de Lima Fernandes, de 16 anos, continua internada no Hospital do Servidor Público Estadual com 30% do corpo queimado. Apesar de seu quadro estar estável, ela ainda é corre risco de morte.

Tudo o que sabemos sobre:
Learjet 35sobreviventes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.