Menina que fugiu da Praia Grande é encontrada na Serra Gaúcha

Segundo a tia da adolescente, ela fugiu porque perdeu um celular que havia acabado de ganhar da mãe

Rejane Lima, Agência Estado

30 de junho de 2008 | 21h27

Onze dias depois de ter fugido de Praia Grande, na Baixada Santista, a adolescente de 15 anos encontrada pela mãe em Bento Gonçalves, Rio Grande do Sul,  na quinta-feira, 26, retornou para casa na madrugada do domingo, 29. A menina viajou com a roupa do corpo, pedindo carona e andando, e demorou dez dias para chegar a Serra Gaúcha, onde pretendia se hospedar na casa de uma amiga com quem trocava correspondência pela Internet há dois anos. De acordo com Patrícia, tia da adolescente, a fuga foi motivada pela perda de um celular. "Ela ficou com medo de contar para a mãe que tinha perdido o celular que ganhou não faz dois meses. Era desses novos, com câmera e tudo e a minha irmã ainda está pagando", disse. Solteira e com outros três filhos menores, a mãe da adolescente vende panos de pratos de porta em porta e faz outros "bicos" para sustentar a família, conta a irmã. Ela viajou até o Rio Grande do Sul para buscar a filha e não tinha dinheiro para voltar, mas segundo Patrícia, jornalistas que cobriram o encontro entre mãe e filha lhe fizeram doações e ela conseguiu comprar as passagens de volta.

Tudo o que sabemos sobre:
praia grandeadolescente

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.