Menina ligou do cativeiro

Em dezembro de 2010, uma menina de 8 anos conseguiu ser libertada de um cativeiro, depois que ligou para o 190 da Polícia Militar. Ela achou um celular na casa em que estava durante a madrugada e fez o chamado de emergência. Nos 15 dias de cárcere na zona leste de São Paulo, a garota teve de dormir em um armário e bebia água da torneira do banheiro. Fez apenas três refeições. O acusado do crime era o namorado de uma prima da criança.

O Estado de S.Paulo

06 Março 2012 | 03h03

Em outro caso de sucesso, após um atendimento rápido do 190, um bebê foi salvo. A criança de três dias de vida tinha se engasgado com leite. Os pais dela, que não tinham muita experiência com recém-nascidos, pediram ajuda pelo telefone e conseguiram reanimar a menina. Na ocasião, um soldado ficou em contato com o casal por 15 minutos, orientando sobre os procedimentos necessários para reanimar o bebê. A mesma atendente também ajudou a acalmar os pais da criança.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.