Menina ferida em desabamento da Renascer vai para o quarto

Caso de Stephanie era considerado grave pois ela teve politraumatismo craniano no acidente da Renascer

Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

26 Janeiro 2009 | 11h55

A menina Stephanie Batanovi, de 9 anos, que ficou ferida no desabamento do teto da Igreja Renascer, foi transferida da enfermaria para um quarto do do Hospital São Paulo neste domingo, 25, segundo a assessoria do hospital. O caso da criança era considerado muito grave porque ela teve politraumatismo craniano e precisou passar por uma cirurgia.   Veja também: Peritos vão reconstituir telhado de igreja MP: igreja renovou alvará sem atestado de engenheiro  Galeria de fotos: imagens do local e do resgate às vítimas  Todas as notícias sobre o desabamento na Igreja Renascer     A garota saiu da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) na última quinta-feira, 22, e foi transferida para a enfermaria. Outras duas mulheres feridas no desabamento continuam internadas no hospital e passam bem, de acordo com o hospital.   Texto alterado às 14h32 para correção de informações. Diferentemente do que havia sido informado pela assessoria do Hospital São Paulo, a paciente foi transferida da enfermaria para o quarto do hospital.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.