Camilla Carvalho/Instituto Butantan/Divulgação
Camilla Carvalho/Instituto Butantan/Divulgação

Menina de três anos morre após picada de escorpião em Jacareí

Segundo Ministério da Saúde, em 2015, foram registrados 74.598 casos de acidentes com escorpiões em todo o País

José Maria Tomazela, O Estado de S. Paulo

11 Dezembro 2016 | 15h32

Sorocaba  - Uma menina de três anos morreu na noite deste sábado, 10, em consequência da picada de um escorpião, em Jacareí, interior de São Paulo. A garotinha Manuela Paixão Brito Felix estava internada no Hospital São Francisco desde a última quinta-feira (8), quando sofreu o ataque do animal peçonhento. De acordo com a família, a menina brincava com um irmão na porta da casa da família, no bairro Parque dos Sinos e gritou ao levar a picada. A mãe viu o escorpião e levou a filha à Unidade de Pronto-Atendimento Infantil. Ela foi medicada, mas o estado de saúde se agravou, e Manuela foi transferida para o hospital, onde morreu.

Vítimas de ataques de escorpiões são atendidas com frequência no sistema público de saúde, em cidades do interior. No dia 27 de novembro, a jovem Luana Barbosa, de 22 anos, morreu após ser picada na perna por um escorpião em Trabiju, região central do Estado. Dois dias depois, um menino de um ano e dois meses foi internado em estado grave depois de ser picado no interior de uma creche municipal, em Araçatuba, mas se recuperou.

Em julho, um menino de 7 anos morreu após ser picado em Barbosa, região de Araçatuba. Apenas o Hospital de Base de Rio Preto internou 209 pessoas de janeiro a setembro deste ano após ataques de escorpiões. Conforme dados do Ministério da Saúde, em 2015, foram registrados 74.598 casos de acidentes com escorpiões em todo o País, com 119 mortes.

 

Mais conteúdo sobre:
Escorpião

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.