Menina de 12 anos é detida 4 vezes em 1 mês no Mato Grosso

Adolescente é acusada de furtar em estabelecimentos comerciais de seu bairro, em Campo Grande

Solange Spigliatti, estadão.com.br

08 de fevereiro de 2012 | 14h02

SÃO PAULO - Uma adolescente de 12 anos é acusada de furtar quatro estabelecimentos comerciais em menos de um mês, em Campo Grande, no Mato Grosso. Na última ocorrência, a jovem foi flagrada pelo dono do mercado e mentiu dizendo ter 10 anos. Segundo a Polícia Civil, um adolescente só pode ser apreendido a partir dos 12 anos, quando pratica crimes com violência.

Todos os furtos ocorreram no bairro Parque Lajeado, onde a menina mora. O primeiro furto, de acordo com a polícia, ocorreu na casa da vizinha da adolescente, em 14 de janeiro deste ano. Ela foi vista por testemunha pulando o muro da casa da vítima com um notebook. Segundo a dona do equipamento, a menina disse ter trocado o notebook por crack.

No dia 30 de janeiro, a jovem teria furtado um aparelho celular e vendido a dois jovens de 20 anos, que foram acusados por receptação e corrupção de menores. No dia 2 deste mês, a adolescente foi acusada de roubar uma câmera fotográfica e um notebook de uma marcenaria.

O último crime aconteceu no último dia 7, em um mercado. O dono do estabelecimento flagrou a adolescente dentro da loja, com uma sacola, onde estava o dinheiro do caixa, cerca de R$ 170,00.

Levada para a delegacia de pronto atendimento comunitário, no bairro Piratininga, ela foi ouvida e houve registro de um boletim de ocorrência por tentativa de roubo. A jovem está sob os cuidados da mãe, que admitiu não conseguir vigiar a menina, pois trabalha durante todo o dia.

Tudo o que sabemos sobre:
detençãomeninafurtoMT

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.