Menina de 11 anos morre levada pela enxurrada em São Sebastião

Em São Sebastião, no litoral norte, Tainá Simões Teixeira Câmara, de 11 anos, foi levada pela enxurrada provocada pela forte chuva na zona sul da cidade na noite de anteontem. O corpo foi achado na manhã de ontem, a cerca de 1 km de sua casa.

O Estado de S.Paulo

24 de fevereiro de 2013 | 02h01

Segundo os bombeiros, ela era moradora de Boiçucanga, na Estrada do Beira Rio, ao pé da Serra do Mar, em uma área de risco - a Defesa Civil já havia alertado a família a sair do local. Tainá, assim como a mãe, Leda Maria Simões Teixeira Câmara, foram levadas pela enxurrada, que atingiu 2m de altura. Leda foi encontrada na madrugada. Com muitas escoriações, está internada.

Na noite de ontem, 34 das 40 famílias que haviam ficado desabrigadas já tinham voltado para casa. Segundo a Defesa Civil, a chuva atingiu 99,3mm em Boiçucanga e 123,9mm em Maresias (77% do esperado para o mês).

Cubatão. A prefeitura de Cubatão, no litoral sul, declarou ontem estado de emergência por causa das chuvas, que causaram deslizamentos de encosta - à tarde, 126 pessoas que perderam suas casas estavam abrigadas no ginásio da cidade. / JOÃO CARLOS DE FARIA e ZULEIDE DE BARROS, ESPECIAIS PARA O ESTADO

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.