Melhorias em troca de prédios

A operação urbana é uma ferramenta prevista no Plano Diretor de São Paulo, que dá ao incorporador a possibilidade de construir além dos limites impostos pela legislação de zoneamento da cidade, mediante pagamento de uma contrapartida financeira para a Prefeitura.

O Estado de S.Paulo

24 de janeiro de 2012 | 03h01

Para poder aproveitar as novas regras, as construtoras terão de adquirir especificamente títulos da Prefeitura, chamados de Certificados de Potencial Construtivo (Cepacs). O valor pago por esses títulos deverá ser reutilizado em obras de melhoramento urbano dentro dos limites dos próprios bairros das operações urbanas.

O objetivo do governo com as operações é que bairros hoje tomados por imóveis abandonados e cortiços ganhem investimentos públicos e espigões residenciais.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.