Mega da Virada passa de R$ 200 mi

Apostas para o maior prêmio da história da loteria podem ser feitas até 14h de hoje; no ano passado, valor pago foi de R$ 144,9 milhões

Paulo Saldaña, O Estado de S.Paulo

31 Dezembro 2010 | 00h00

O prêmio estimado para os vencedores das seis dezenas da faixa principal da Mega-Sena da Virada passou dos R$ 200 milhões, segundo informações da Caixa Econômica Federal (Caixa). As apostas seguem até as 14 horas, no horário de Brasília. O sorteio ocorre às 20 horas, com transmissão pela principais emissoras de televisão.

Será o maior prêmio já entregue em um concurso da Mega-Sena - a premiação do sorteio da Virada de 2009 foi de R$ 144,9 milhões, divididos entre dois ganhadores. Um deles era de São Paulo - da cidade de Santa Rita do Passa Quatro.

Para se ter uma ideia do tamanho da sorte que está em jogo, o novo milionário, caso ganhe sozinho, poderá proporcionar as férias de todos os amigos e conhecidos - mais de 800 pessoas - durante um mês em um hotel de luxo em Punta del Este, no Uruguai. Com tudo pago. Também compraria sem muito esforço 24 ilhas em Angra dos Reis (RJ) e levaria a cada uma delas 15 familiares - e em helicópteros diferentes.

Às vésperas do ano-novo, muita gente continuou ontem a tentar a sorte em todo o Brasil. Até o início da noite, a Caixa havia arrecadado mais de R$ 445 milhões em apostas.

Ontem foi o dia de maior movimento nas loterias. Em média, 4,3 milhões de novas apostas foram realizadas por hora. Em um único dia, as apostas somaram cerca de R$ 85 milhões. E hoje o movimento promete ser ainda maior.

Planos. O gerente de vendas Ricardo Batistela, de 28 anos, deu uma paradinha no trabalho para fazer "a fezinha". Com planos bem arquitetados para gastar a fortuna - mas nada exagerado, como ele pondera -, decidiu reservar R$ 10 para o jogo.

"Se ganhar, compro pouca coisa. Uma casa para morar e outra na praia, dois carros e uma moto. Mas sairia de São Paulo para um lugar onde não me conhecessem. Depois, é só viajar e curtir", diz ele, que mora na zona leste da capital paulista com a mãe e os irmãos e trabalha no Shopping Iguatemi, nos Jardins.

O prêmio exorbitante chamou a atenção de Batistela, mas ele conta que já tenta a sorte na loteria com boa frequência nos últimos tempos.

"Vira e mexe, eu jogo na Mega-Sena porque só trabalhando está difícil de ganhar dinheiro. E com dinheiro no bolso tudo fica mais fácil."

As apostas podem ser feitas em qualquer uma das 10,6 mil lotéricas do País. O preço mínimo para concorrer é de R$ 2,00 (a aposta com seis dezenas).

DUAS PERGUNTAS PARA...

Eduardo Costa, PROFESSOR DE MATEMÁTICA DO AEON VESTIBULARES

1. Quanto maior o número de apostadores, mais difícil de ganhar?

Não, a probabilidade é exatamente a mesma: uma chance em 50.063.860. O fato de haver mais apostadores não significa também que o prêmio vai sair, mas é claro que há mais probabilidades porque há mais combinações em jogo. No entanto, há mais chances de mais de uma pessoa acertar e ter de dividir o prêmio.

2. Há números mais frequentes ou algum truque que dê certo?

Na lei matemática das probabilidades não há como prever resultados. São eventos aleatórios e qualquer truque ou regra é falho. A probabilidade de ser sorteada qualquer uma das 60 opções de dezenas é a mesma, apesar de certos números terem sido sorteados diversas vezes. Até a sequência 1, 2, 3, 4, 5 e 6 é possível.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.