Médico que faltou ao plantão depõe no Rio

O médico cirurgião Adão Crespo justificou sua ausência no plantão de emergência do Hospital Salgado Filho, no Méier, zona norte do Rio, na madrugada de terça-feira, alegando "descontentamento" com a escala de trabalho. Adrielly dos Santos, de 10 anos, ferida por bala perdida, esperou por sete horas por cirurgia. O médico disse que alertou seu superior em novembro de que não faria mais plantões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.