Médico é intimado para explicar falta de cirurgia

A Polícia Civil intimou cinco médicos do Hospital Salgado Filho, no Méier, zona norte do Rio, onde Adrielly dos Santos Vieira, de 10 anos, foi atendida após ser atingida por bala perdida na madrugada de terça-feira. Ela esperou por sete horas para fazer a cirurgia, pois o neurocirurgião plantonista não estava.

O Estado de S.Paulo

28 de dezembro de 2012 | 02h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.