Medicina é a carreira que melhor remunera, diz Ipea

Medicina é a carreira em que o profissional alcança a melhor remuneração no País: R$ 8.459. Depois está Odontologia, com R$ 5.367. Na outra ponta estão profissionais com ensino superior que trabalham com Filosofia e Religião, com salários de R$ 2.340 e R$ 2.175. Os dados são de um estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) que avaliou 48 carreiras.

O Estado de S.Paulo

04 de julho de 2013 | 02h06

O Ipea fez o levantamento para orientar os vestibulandos em relação às perspectivas que as carreiras oferecem. Foram avaliados salários, horas trabalhadas por semana, cobertura previdenciária e taxa de ocupação. Segundo o estudo, o pico de renda de trabalho se dá aos 51 anos.

Além de analisar o pico salarial, o Ipea também se debruçou sobre o salário médio obtido nessas carreiras. E, mais uma vez, Medicina ficou em primeiro, com R$ 6.940,12. Esses profissionais trabalham 42,03 horas por semana e 91,81% estão empregados.

No fim da lista estão profissionais que trabalham com serviços pessoais (como beleza), com renda de R$ 2.205,83, 44 horas de trabalho e 78,6% de ocupação; e quem trabalha com Religião, com salário de R$ 1.413,01, 48 horas de trabalho por semana e 79,98% empregados.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.