Médica tem traumatismo craniano após ser atropelada em frente a hospital em SP

Ela foi levada em estado grave para o Hospital das Clínicas e está internada na UTI

Priscila Trindade, estadão.com.br

02 de setembro de 2011 | 10h10

SÃO PAULO - Uma médica de 28 anos teve traumatismo craniano após ser atropelada na calçada em frente ao Instituto do Câncer, na Avenida Dr. Arnaldo, na zona oeste de São Paulo, na manhã desta quinta-feira, 1º.

O motorista do carro era um paciente. A médica foi atropelada quando chegava para trabalhar. Ela foi levada para o Hospital das Clínicas, onde permanece internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em estado grave.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.