Reprodução
Reprodução

Médica de 26 anos é agredida por advogado em balada nos Jardins

Imagens de câmeras de segurança mostram o momento em que Rafael Barbosa aparece e agarra a vítima pelo pescoço

O Estado de S.Paulo

09 Março 2018 | 22h45
Atualizado 10 Março 2018 | 13h40

SÃO PAULO - Uma médica de 26 anos foi agredida por um advogado em uma balada nos Jardins, na zona oeste de São Paulo. O caso ocorreu por volta da 1 hora do último domingo na Tetto Rooftop Lounge, na Avenida Rebouças, e foi denunciado nas redes sociais.

+++ Mulher é atropelada em frente a hotel de luxo na Oscar Freire, em SP

Imagens de câmeras de segurança (veja acima) mostram o momento em que a vítima conversava com um homem, que seria o gerente da boate, quando o agressor, identificado como Rafael Barbosa, de 32 anos, apareceu de repente e a agarrou pelo pescoço. Em seguida, ele é contido por outras pessoas.

+++ No Dia da Mulher, jovem é morta a facadas pelo marido na Grande SP

A advogada Helena Vasconcellos, representante da vítima, denunciou a ocorrência em sua rede social e afirmou que a jovem está com estresse pós-traumático. “Ela foi agredida física e verbalmente”, disse. Segundo Helena, quando estava atravessando o espaço para sair, o salto da vítima teria enganchado. “Ela tropeçou e encostou de leve no agressor. Isso foi suficiente para começar.” “Ele a xingou e disse que ela não merecia estar em uma balada de rico porque estava muito mal vestida.”

+++ Colunistas do Estado dão voz a vítimas de violência

A defesa de Barbosa disse, em nota, que a mulher o agrediu primeiro. “A moça passou empurrando diversas pessoas de forma desrespeitosa.” A Tetto Rooftop Lounge publicou nota no Facebook em que diz repudiar “todo e qualquer ato de violência e desrespeito em suas dependências.”

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.