McCartney: briga e noite na fila por lugar no show

Depois de uma noite na fila, na chuva, algumas brigas e mais de 9 horas de espera, fãs de Paul McCartney conseguiram ontem comprar ingressos para o show do cantor no Morumbi, dia 21 de novembro. As vendas no Pacaembu começaram às 8 horas e, às 17 horas, os ingressos estavam quase terminando. Só podia comprar quem já tinha pegado uma senha pela manhã. Houve brigas na fila, especialmente de consumidores contra prováveis cambistas que se revezavam para comprar. Algumas pessoas tiveram de ser contidas pela PM, mas foram liberadas em seguida - o 23.º Distrito Policial não registrou detenções.

Jotabê Medeiros, O Estado de S.Paulo

19 de outubro de 2010 | 00h00

Segundo a PM, não era possível agir contra cambistas na fila porque eles não estavam vendendo ingressos, mas comprando. A venda era controlada pelo CPF de cada pessoa (uma pessoa comprava até seis ingressos). A venda por cambistas é crime contra a economia popular.

Foi confirmado ontem um segundo show no Morumbi, no dia 22. A pré-venda para clientes Cartões Bradesco terá início à meia noite desta quarta-feira pelo site www.ingresso.com. Na quinta-feira, às 8h, tem início a venda para o público em geral, pela internet, call center 4003-3222 e na bilheteria do Pacaembu.

Na semana passada, a pré-venda online esgotou em 2 horas e meia. O número de ingressos exclusivos para clientes Bradesco não foi informado, mas estima-se que sejam 70% do total.

Mesmo antes de terminarem as vendas, já começavam a surgir ofertas de revenda de entradas com ágio na internet. Ingressos que valiam R$ 700 custavam até R$ 2 mil ontem. Para o show em Porto Alegre, no dia 7, chegava a R$ 1,2 mil. O gramado comum, em Porto Alegre e São Paulo, tinha revenda entre R$ 400 e R$ 1 mil, segundo informou o site Terra. "Após chuva, sol e 9 horas de fila, finalmente estou com meus ingressos do Paul em mãos", festejou em seu Twitter Ana Carol Sanches.

O show do dia 21 terá transmissão pela Rede Globo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.