Mauá proíbe venda de bebidas alcoólicas em postos de gasolina

Medida visa prevenir alcoolismo entre jovens e evitar acidentes de trânsito

Marcela Gonsalves, Central de Notícias

06 de abril de 2011 | 18h27

SÃO PAULO - O município de Mauá, na Grande São Paulo, proibiu a venda e consumo de bebidas alcoólicas em postos de abastecimento de combustíveis, incluindo lojas de conveniência e trailers em suas dependências. A lei foi sancionada pelo prefeito e passa a valer a partir desta sábado, 9.

 

A cidade é a primeira da Região Metropolitana de São Paulo a ter uma lei assim. O objetivo é prevenir o alcoolismo entre os jovens e evitar acidentes de trânsito após o consumo de bebidas.

 

Para que os proprietários dos postos tomem conhecimento sobre a proibição, servidores das Secretarias de Segurança Pública e Planejamento Urbano realizarão um processo de notificação, visitando os locais, conversando com os proprietários e distribuindo cópia da lei.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.