Mauá foi a 1ª a ter restrição

Em abril do ano passado, Mauá foi a primeira cidade da Grande São Paulo a proibir a venda de bebidas alcoólicas em lojas de conveniência nos postos de gasolina. Pelo menos dez propostas semelhantes tramitaram na Câmara Municipal de São Paulo nos últimos 14 anos - todas foram arquivadas. Em 2001, um projeto de lei que proibia a venda de bebidas alcoólicas nos postos de gasolina chegou até a ser aprovado em duas votações, mas acabou vetado pela prefeita Marta Suplicy (PT). A adoção da norma enfrenta a resistência dos donos, que alegam que as lojas de conveniência representam uma parte importante do faturamento, além de dar segurança e conforto aos consumidores.

O Estado de S.Paulo

20 Março 2012 | 03h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.