Felipe Resk/Estadão
Felipe Resk/Estadão

Homem procurado por matar ator é suspeito de vender peças roubadas de veículos 

Policiais do Deic apreenderam centenas de peças automotivas sem procedência na loja de Paulo Cupertino

Redação, O Estado de S.Paulo

26 de junho de 2019 | 13h45

SÃO PAULO - Policiais do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) apreenderam centenas de peças automotivas sem procedência na oficina pertencente a Paulo Cupertino Matias

Ele é procurado pelas mortes do ator Rafael Henrique Miguel, de 22 anos, e seus pais. A ação aconteceu na manhã desta quarta-feira, 26, no bairro de Pedreira, na zona sul da capital.

Entre os materiais foram encontrados lacres e tarjetas de placas, mais módulos de acionamento de partida de veículos. A suspeita é de que o local fosse usado para adulterar automóveis roubados ou furtados.  

A ação foi desfechada por policiais da 3ª Delegacia de Investigações sobre Desmanches Ilegais (Divecar). A equipe apurava informações sobre atividades ilegais na loja, instalada na estrada dos Alvarengas. As buscas permitiram encontrar os materiais sem procedência. Na mesa estava uma foto de Cupertino montado em uma motocicleta de alta cilindrada.

O material será todo recolhido para análise e constatação se pertence a veículos com queixa de crime.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.