Sérgio Neves/AE
Sérgio Neves/AE

Marzagão pede demissão da Secretaria de Segurança Pública

Ele alegou motivos pessoais; o secretário-adjunto Guilherme de Camargo assume interinamente o cargo

da Redação,

18 Março 2009 | 07h52

Ronaldo Marzagão pediu demissão do cargo de secretário de Segurança Pública do Estado de São Paulo. O pedido foi aceito pelo governador José Serra e está publicado no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira, 18. O secretário teria alegado "motivos pessoais", segundo a assessoria do Palácio do Governo. O secretário adjunto, Guilherme Bueno de Camargo, assume interinamente o cargo de Marzagão, antes da posse de Antonio Ferreira Pinto.

 

Veja também:

linkDecisão está no Diário Oficial

especial As crises que levaram à renúncia de Marzagão

lista Entenda o suposto esquema de corrupção na segurança de SP

 

Serra aceitou o pedido de demissão e afirmou que considera Marzagão "um exemplo de integridade, lealdade e dedicação". A assessoria do Palácio do Governo afirmou que a ainda não está definido até quanto o secretário adjunto fica no cargo. Marzagão estava no cargo desde o início do governo José Serra.

 

Apesar de ter alegado motivos pessoais, os vários escândalos de corrupção na Segurança Pública contribuíram para a saída de Marzagão. O último grande escândalo foi a denúncia de que o ex-secretário adjunto de Marzagão, Lauro Malheiros Neto, seu ex-sócio e chefes das polícias de São Paulo estariam envolvidos em um suposto esquema que vendia cargos e sentenças favoráveis a policiais. Malheiros Neto deixou o cargo em maio de 2008. Vídeos publicados no estadao.com.br indicam o esquema de corrupção na Segurança Pública.

 

Ronaldo Augusto Bretas Marzagão nasceu em 1948. Ex-capitão da Polícia Militar, ex-promotor de Justiça e promotor criminal aposentado, ele se formou em direto criminalista pela FMU. Foi presidente do Conselho Federal de Entorpecentes. Atuou também na assessoria jurídica e no departamento de combate às drogas do Ministério da Justiça.

 

Na área de segurança, atuou como Assessor Técnico do Gabinete do Secretário da Segurança Pública de São Paulo, na gestão do governador Franco Montoro. Marzagão ocupou, ainda, um cargo como membro da Delegação que representou o Brasil no XI Período Extraordinário de Sessões da Comissão de Entorpecentes junto às Nações Unidas, em Viena, Áustria, em 1990.

 

Atualizado às 16h56 para acréscimo de informações.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.