Marginal do Tietê pára após acidente fechar pista expressa

Lentidão de 23 quilômetros é em toda a extensão; carreta tombou na pista sentido Castelo Branco

Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

30 de outubro de 2008 | 08h00

A Marginal do Tietê tem 23 km de lentidão no sentido Castelo Branco na manhã desta quinta-feira, após a pista expressa ter sido interditada devido a um acidente. Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), às 7h57 a cidade registrava 112 km de trânsito carregado. Um caminhão bi-trem carregado com açúcar, tombou na pista expressa da marginal por volta das 1h30. A CET recomenda aos motoristas que evitem circular pela região da Marginal do Tietê e do Cebolão. A carreta foi desvirada, por volta das 7h, mas ainda não foi retirada do local.  A CET não tem previsão para a liberação da pista.       Veja tambémRestrição a circulação de veículos no centro é ampliada Como o trânsito parou São Paulo e os números da frota As medidas que ajudariam a aliviar o trânsito na capital  Dossiê Estado: os números do trânsito em SP     A pista expressa está interditada a partir do acesso à Rodovia Castelo Branco, onde ocorreu o acidente, e os veículos são desviados para a Rodovia Castelo Branco e a pista local da Marginal do Tietê. O acesso ao Cebolão se dá apenas pela pista local.  Devido ao acidente, o índice de congestionamento ficou acima da média no período. Foto: Werther Santana/AE  Carreta com açúcar tombou próximo à Rodovia Castelo Branco no início da madrugada   Piores  trechos congestionados   - Marginal do Tietê, sentido Castelo Branco, pista expressa entre Pontes dos Remédios e Imigrante Nordestino, com 22.500 metros; pista local entre Ponte dos Remédios e Hospital Vila maria, com 19.300 metros;- Radial Leste, sentido Centro, entre Viaduto Pires do Rio e Rua Matilde, com 5.630 metros; pista expressa entre Rua Wandenkolk e Viaduto Pires do Rio, com 4.700 metros; - Avenida dos Bandeirantes, sentido Marginal, entre Alameda dos Jurupis e Viaduto Aliomar Baleeiro, com 4.049 metros; - Avenida Aricanduva, sentido Marginal, entre Ponte Aricanduva e Rua Rodeio, com 3.170 metros;   Situação dos principais corredores   Zona sul - Avenida dos Bandeirantes: sentido Marginal, entre Alameda dos Jurupis e Viaduto Aliomar Baleeiro- Marginal do Pinheiros: sentido Castelo, pista local, entre Ponte  Cidade Jardim e Avenida Juscelino Kubitschek  - Avenida Morumbi: trânsito normal- Avenida Ibirapuera: sentido Centro, entre Avenidas Indianópolis e Bandeirantes    Zona oeste- Avenida Rebouças: sentido Centro, entre Avenida Brasil e Rua Antonio Rosa  - Ligação Leste-Oeste: sentido Lapa, entre Praça Pérola Byington e Avenida Alcantara Machado  - Avenida Francisco Morato: trânsito normal   Zona norte- Marginal do Tietê: sentido Castelo Branco, pista expressa entre Pontes dos Remédios e Imigrante Nordestino, com 22.500 metros; pista local entre Ponte dos Remédios e Hospital Vila maria, com 19.300 metros- Corredor norte-sul: sentido Santana, entre Rua Borges Lagoa e Avenida República Árabe Síria - Avenida Cruzeiro do Sul: trânsito normal- Avenida Braz Leme: trânsito normal   Zona leste- Radial Leste: sentido Centro, entre Viaduto Pires do Rio e Rua Matilde, com 5.630 metros; pista expressa entre Rua Wandenkolk e Viaduto Pires do Rio, com 4.700 metros- Avenida Aricanduva: sentido Marginal, entre Ponte Aricanduva e Rua Rodeio- Avenida Salim Farah Maluf: sentido Vila Prudente, pista local entre Ruas Toledo Barbosa e Ulisses Cruz    Centro - Avenida do Estado: trânsito normal- Avenida Paulista: trânsito normal   Acidente   A carreta que vinha de Ribeirão Preto e seguia para o Porto de Santos, transportando cerca de 800 sacas de 50 quilos de açúcar cada uma, tombou na pista expressa da Marginal do Tietê no sentido Penha-Lapa (Ayrton-Castello) antes da bifurcação existente entre as duas pistas, próximo ao acesso ao Cebolão, na região de Vila Leopoldina, na zona oeste da capital paulista. Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), um caminhão e um guincho estão no local. Enquanto a carga é transferida para outro veículo agentes da CET tentarão arrastar a carreta para a lateral direita da pista local e assim liberar a via. Uma das caçambas que compõem a carroceria da carreta já foi desvirada, mas não há previsão de liberação.   O desvio é feito pela pista lateral. O motorista que chega à marginal pela Rodovia Anhangüera é obrigado a seguir pela pista local. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.