Google Street View / Reprodução
Google Street View / Reprodução

Marginal do Pinheiros: Vazamento de água em adutora provoca interdição

Segundo a Sabesp, situação já está controlada e não há risco de desabastecimento para imóveis da região; CET afirma que limpeza está sendo realizada, mas ainda há reflexo do trânsito até a Avenida Interlagos

Renata Okumura, O Estado de S.Paulo

02 de maio de 2022 | 08h26

SÃO PAULO - O vazamento de água em uma adutora da Avenida Vitor Manzini, na altura da Ponte do Socorro, número 480, no sentido de Santo Amaro, na zona sul paulistana, provocou a interdição da Marginal do Rio Pinheiros, na manhã desta segunda-feira, 2. A Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) afirma que o rompimento foi constatado durante a madrugada e, desde então, equipes trabalham para resolver o quanto antes a situação. 

"Ele (vazamento) já foi contido por meio do fechamento da água e os serviços de reparo iniciados imediatamente", afirmou a Sabesp, em nota. Ainda segundo a companhia, não há risco de desabastecimento para imóveis da região.

Por volta das 8 horas da manhã, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) disse que a limpeza estava sendo realizada para a remoção de lama da pista, mas ainda com reflexo de trânsito até a Avenida Interlagos.

A faixa da esquerda da Marginal do Pinheiros permanece interditada em ambos os sentidos. Agentes da CET estão na região monitorando o trânsito e orientando motoristas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.