Luiz Cláudio Barbosa/Futura Press
Luiz Cláudio Barbosa/Futura Press

Marginal do Pinheiros é liberada mais de um dia após acidente

Batida de caminhões na altura da Ponte Engenheiro Ary Torres foi no final da noite desta quarta-feira, no sentido de Interlagos

O Estado de S. Paulo

13 Fevereiro 2015 | 07h53

Atualizado às 9h30

SÃO PAULO - A pista expressa da Marginal do Pinheiros, no sentido Interlagos, foi totalmente liberada ao trânsito mais de um dia depois de um acidente com dois caminhões bloquear parte da via. De acordo com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), a desocupação ocorreu às 6h50 desta sexta-feira, 13, após cerca de 32 horas de interdição.

Até aquele momento, três das cinco faixas da pista estavam fechadas para que um guindaste pudesse remover as carretas batidas. A concessionária AES Eletropaulo teve que desenergizar a fiação que passa por cima do local do acidente para que o guindaste pudesse trabalhar.

O acidente ocorreu no fim da noite de quarta-feira, 11, por volta das 23h, após supostamente os motoristas terem brigado. Os caminhões bateram e foram parar na mureta que separa a pista dos carros da ciclovia que margeia o Rio Pinheiros, nas proximidades da Ponte Engenheiro Ary Torres, na zona sul.

Em função do bloqueio, houve lentidão em excesso principalmente ao longo da manhã de quinta-feira, 12. O congestionamento chegou a 147 quilômetros às 11h30, segundo a CET. Os reflexos do bloqueio eram sentidos até na altura da Ponte Aricanduva, na Marginal do Tietê, na zona leste da capital paulista.

Mais conteúdo sobre:
CETMarginal do Pinheiros

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.